Buscar
  • Ive Nenflidio

Esperança

Atualizado: Jul 15


Ela acreditava que tudo era doação, acreditava com toda certeza de que a humanidade era generosa e só enxergava a compaixão e sua força poderosa e via tudo com um olhar doce, olhos de menina, via em tudo o suave perfume da rosa, muita beleza, não existia a ganância e a pobreza!

Mas ela abriu aquela caixa, que espantosa desilusão, que atitude desastrosa, minha triste Pandora...

Criou tanta confusão, sua curiosidade tentadora libertou os demônios, foi espectadora!

E viu libertar a crueldade, tanta maldade, viu refletida em seus olhos a destruição, o homem infeliz, deu asas aos seres vis.

E sentiu uma desesperadora tristeza, tristeza arrasadora, e rapidamente fechou aquela arca e jogou a chave fora, mas era tarde demais, seu gesto não impediu a fúria, as doenças e as guerras...

E há quem diga que dentro daquela caixa existe algo que ficou para trás e que pode trazer a cura, algo que pode mudar a história, trazer a alegria e a glória.

E por mais que a gente sofra e por mais que existam sombras, essa cura está guardada dentro dessa caixa e pode salvar, proteger, libertar, trazer a paz!

Ela é a beleza que não viu a liberdade, é aquela que se transforma a cada dia, presa dentro de uma enegrecida solitária, mas que persiste e insiste em permanecer viva e que faz com que todos os dias um pequeno raio de sol brilhe pelas frestas, esquentando corações frios...

E são vários os que esperam por ela, e são vários os que acreditam nela, ela se chama “esperança” e ainda existe e resiste dentro de cada um de nós!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Morte